Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Duodécimos

11.02.13

Quando nos dão a hipótese de continuar como sempre foi até aqui, ou seja, sem os duodécimos, porque raio é que quem pretende continuar com o mesmo sistema é que tem de tomar a iniciativa de dizer que não quer mudar, fazendo o pedido por escrito à entidade patronal? É que se não é praticamente um empurrar com cheiro a imposição, assim parece!

Esta coisa dos duodécimos não faz sentido desde o seu princípio, mas se quisermos falar em algum sentido, fazia muito mais se quem pretendesse aderir a tal aberração, fosse quem teria de se mexer e demonstrar essa mesma intenção.

Fica claro que este esquema promove a resignação e facilita a ocultação de mais um abuso na ida aos nossos bolsos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 10:03


2 comentários

De Eduardo a 18.02.2013 às 15:41

Sou da opinião contrária, os duodécimos são uma boa medida, menos para quem não tem controlo nas finanças. Prefiro ter o dinheiro do meu lado num depósito a prazo a render juros do que receber de uma só vez.

Dá uma vista de olhos em http://www.pedropais.com/subsidios-por-duodecimos-sim-ou-nao-5786.html

De Daniel Marques a 19.02.2013 às 00:55

Eduardo, eu não sou radical nesta matéria. Acho que a existir a possibilidade, pois então que haja a oportunidade de escolher. Mesmo que isso possa não fazer sentido a algumas pessoas, e aí posso incluir-me. A questão prende-se principalmente no modo como estão quase que a impor uma das opções, quando devia ser o contrário. Quem pretendesse mudar de sistema deveria demonstrar o interesse na mudança. E assim, pelo menos a mim, leva-me a crer num interesse em ocultar a baixa de salários de forma tão clara.

Efectivamente existem benefícios se aplicares o dinheiro em depósitos a prazo. Mas se quiseres fazer uma boa aplicação e com taxas mais apetecíveis será mais fácil se te iniciares com um valor razoável e posteriormente vás alimentando com as mensalidades que supostamente farias no caso dos duodécimos. Óbvio que existe um esforço financeiro maior, mas os ganhos também serão maiores.

Quando o interesse for poupar, tens vantagens dos dois modos. Tem apenas a ver com o modo como aplicas o dinheiro e se queres ganhar uma vantagem com os duodécimos, ou se fazendo um esforço maior, trabalhares para resultados ainda mais visíveis.

Comentar




Pesquisa