Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O espanador

26.12.12
deviantART/Salim Ljabli

Foram qualquer coisa como seis meses de espera. Quando chegou, apoderei-me dele. Também foi fácil, uma vez que a namorada não vai muito à bola com o nosso espanador.

Sempre gostei muito de conduzir, e agora muito mais! Não perdi muito tempo a namorá-lo no stand, e a namorada queria um carro grande já a pensar nos rebentos. Tivemos pena de não ter conseguido a nossa cor, o Vermelho Fogo. Provavelmente, quando um dia for para levar nova pintura, se tiver nas minhas mãos, será o dito Vermelho Fogo.

Todos os dias tenho vontade de comer asfalto com ele. E onde gostei mais de o fazer foi nas estradas transmontanas. Tenho sede de lá voltar!

Não optámos por um 4x4 por não nos compensar. A maioria das vezes encontramo-nos em estrada com asfalto, e ter um 4x4 requeria mais mudanças de óleo e mais revisões. Assim, para além do extra 4x4, devido às opções disponíveis, a pintura metalizada também ficou de fora e optou-se por um Branco Glaciar. De resto, pedimos tudo aquilo que era possível para equipar o nosso espanador.

Sinto-me confortável a conduzi-lo, e o tamanho dele exige habituação. Parece que conduzo um salão de baile itinerante. E tratando-se de um carro alto, conduzir nas alturas é uma sensação que não quero perder. Até porque agora, num carro mais baixo, tenho a sensação de andar com o rabo a roçar o alcatrão.

Trata-se de um Dacia Duster equipado com um motor Renault 1.5 dCi com 110cv. Toda a assistência é-nos dada pela Renault, no nosso caso, pelo representante oficial em Braga, a Confiauto. Só temos a dizer bem até à data. Têm sido prestáveis e recebem-nos com simpatia.

Recentemente, um Audi A4 foi ao encontro da sua traseira. Não sofremos mais que uns pequenos riscos e uma pequena amolgadela, enquanto que a frente do Audi ficou metida para dentro. Foi a prova de fogo que demonstrou a robustez do nosso espanador. Ainda assim, na Confiauto dizem-nos que terá de levar um pára-choques novo, que já foi encomendado. E aproveitando o facto do nosso espanador ter de ficar na oficina, fazemos já a primeira revisão uma vez que os 30 mil km estão próximos, e adicionamos também um novo acessório já encomendado: um apoio de braço central dianteiro, que nos vai dar mais conforto e arrumação. Tudo isto, aproveitando o facto de ter direito a uma viatura de substituição enquanto o nosso espanador fica mais bonito e de boa saúde.

Grupo Renault/Dacia

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 15:51


2 comentários

De Fernando Lopes a 29.12.2012 às 21:21

Parabéns! Muitos e felizes quilómetros com o SUV,

De Daniel Marques a 31.12.2012 às 01:04

Já vão quase dois anos de SUV!

Comentar