Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Pela sanidade mental

13.12.12

Tentar seguir a actualidade deste país é caminhar para o atentado à nossa sanidade mental. O rectângulo está a transformar-se num manicómio. E eu estou a ter dificuldade entre dosear o acompanhamento da situação, e o isolamento. Sei que o equilíbrio entre estes dois seria o mais correcto, uma vez que virar costas aos problemas não será a melhor opção. Mas não está fácil, uma vez que todos os dias se processam mais informações e casos que só nos cavam mais a cova que já de si é funda. Por este andar chegamos à China por via da cova.

Seguir a televisão, os jornais e alguns blogues, está já a causar-me algum delírio. Tentar assimilar as novelas políticas e sociais dos nossos dias é meio caminho andado para o suicídio. Apenas constato que não há rumo. E estes factores não nos passam ao lado mesmo que queiramos porque afectam a nossa vida. Só me resta abstrair mais um pouco, a bem da minha sanidade mental.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 16:30


2 comentários

De João Rodrigues a 13.12.2012 às 17:40


Concordo perfeitamente, mas confesso que para nos abstrairmos o suficiente disto tudo e para preservarmos a nossa sanidade mental é muito dificil, pois chegámos a uma altura em que dar qualquer passeio, comer fora e pouco mais, já custa mais do que a maioria das pessoas (os que conseguem) consegue não gastar depois de passar um mês passado.
Estamos a ficar fechados na gaiola retangular e nos poucos metros quadrados que têm as nossas casas!!!

Como se dará a volta a isto é que gostava de saber!

Um bem haja e Boas festas.

De Daniel Marques a 14.12.2012 às 15:08

A mim o que me dá força é mesmo quem tenho dentro de casa. Os laços que temos com as pessoas que nos são mais próximas são um grande suporte para a nossa felicidade.

Boas festas!

Comentar




Pesquisa