Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Únicos no mundo, ameaçam ruir

28.11.11

Não se trata de mero imprevisto ou obra do acaso. É o normal desgaste do peso dos anos que passando indiferente, revela o desleixo, a despreocupação pelo nosso património, que deixa os carrilhões de Mafra, únicos no mundo, chegarem a este ponto. O ponto do risco de ruírem.

A necessidade da Protecção Civil Municipal de Mafra criar – e recentemente alargar – um perímetro de segurança em torno das torres do Convento / Palácio Nacional de Mafra, e a urgência em se colocar andaimes que suportem as toneladas daqueles sinos aliviando a estrutura que os suporta, levou a que só agora o Governo se prepare para lançar um concurso internacional no valor de 1,6 milhões de euros para consolidar toda aquela estrutura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 22:08




Pesquisa